A fábula “sindical”

Esta é a história
Dum sindicalista,
Que farto de tanto grevista
Se projectou à consultoria!?

E de tanto saber
Acumulado,
Queri’o ordenado duplicado,
Mas não que quisesse enriquecer…

Era apenas porque se tinha
Talhado a chefe,
(O ordenado não o aquece nem arrefece)
Er’o poder qu’o detinha!!

O dinheiro era secundário,
Era o sentimento de virtude!
Queria tratar-nos da saúde
Por bom funcionário!!

E na ascensão de sindicalista
A chefe-mor,
Ele tinha-se em grande primor
Paternalista!

Tinha-se tão dotado
Na sua acepção,
Que foi directo ao patrão
Pedir o ordenado!?

Quanta representação
De sindicalismo,
E quanto heroísmo
De sonegação!

É preciso ter-se em grande conta
Pr’a tal flic-flac!
E era este o craque
Que nos dava montra!!?

Que tão bem falante,
Era compungente,
E eis que, de repetente
Queria dar um passo gigante!?

Queria-se ostentar
Sobre tod’as premissas,
E acabar a dar notícias
A governar!?

De sindicalista a patrão
Não seri’o primeiro,
Mas este teve o dom cimeiro
D’o fazer sem permissão!?

Bateu ao portão
Do patronato,
E no pretenso anonimato
Queri’o seu lugar d’eleição!

Não o que pr’o qual tinha sido eleito,
Mas o seu lugar d’eleição,
Qu’ele tinha mais de patrão
Que de sindicalista no peito!

A mim pouco m’admira
Essa tentativa de “golpe d’Estado”,
Qu’o já tinha catalogado
Na minha mira!

Quando então já vociferava
Nas redes sociais,
A apoiar amigos iguais
Dessa bancada!

E se prestava a rondar
O lugar que queria seu,
E ao qual lá ascendeu
Depois de muito porfiar!

Mas tomado esse plano,
Esta gente d’ambição
Não se basta na pretensão
Dum lugar mediano…

Quer logo ascender ao topo
O mais rápido que puder,
Porque na oportunidade se quer
Sôfrego!

E depois de “combater”
O lado a que concorre,
Há uma classe pr’a qual “morre”
Nessa ambição de poder!

Podemos ser divergentes
Nas opiniões qu’emitimos,
Mas traidores não admitimos
Por dirigentes!!

É esta uma triste rábula
Mas de “moral” a reter:
À ambição de poder
Tod’o traidor segu’a fábula…

Joker

Captura de ecrã 2017-07-15, às 13.54.27

Anúncios

Posted on 11 de Agosto de 2017, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s