Fúria de viver II

Há um traço de virtude
Que tenho por impressionante,
E que faz dum homem gigante
Na sua atitude.

É essa coragem de se ser
Frontal,
E na humildade natural,
Esclarecer…

Essa imensa capacidade
De s’atentar na razão,
E relevar a emoção
Por pura interioridade!

Essa determinação
De s’assumir a fraqueza,
E num acto de pureza
Pedir a explicação!

Essa força interior
De olhar alguém no olhar,
E no receio, ainda assim explorar
O dedo acusador!

Enternece-me a grandeza
De quem age com tal determinação,
E de mim terá sempr’a admiração
P’la sua nobreza…

A vida é um assomo de coragem,
Uma sucessão de pequenos-grandes actos,
E os homens nunca serão fracos
Em tal abordagem!

Posso, pois, ter sido injusto
Com quem revela tal nobreza,
Mas não o fiz na ligeireza
Dum homem sem rosto!

E dando a cara,
Onde outros dão apenas o esgar,
Senti-me na obrigação de lhe explicar
Esta razão que me é cara!

E pedindo-lhe desculpa
Na razão do seu sofrimento,
Foi forte o meu cumprimento
Nesta verdade absoluta!

E só nisso me penitencio,
Nessa dor que lhe é injusta,
Que no resto mantenho a luta
Sem armistício!

E nesta guerra sem quartel
Há, porventura, inocentes,
Mas a esses sobrevirão mais gentes
Sem cartel!

Sem este Estado de excepção,
Dentro dum quadro de Lei,
Onde existe um reino e um rei
Da adulteração!

O reino do “Homem sério”
Onde se reina por privilégio,
E onde existe o valor egrégio
Escondido num baptistério…

Esse reino de virtudes baças
Com traços de feudalidade,
E ond’a sacralidade
Perdeu as asas…

O reino do beija-mão,
Da investidura, do juramento,
E do sucessivo aumento
Na folha da corrupção!

A esses que me olham de viés
Só lhes reservo uma mensagem:
Eu sei que vos a falt’a coragem
D’outras marés!

Mas enquanto vaz’a maré
Vou registando nobres actos,
De homens que, não sendo fracos,
Se têm de pé!

Que nessa fúria de viver
Houve alguém que, com humildade,
Me fez pensar qu’a humanidade
Ainda pode sobreviver…

As minhas renovadas desculpas,
meu caro, se te feri injustamente…

Joker

Captura de ecrã 2017-08-02, às 10.04.12

Anúncios

Posted on 2 de Agosto de 2017, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s