Pequenos poderes

Do que mais tenho “medo”?
Dos pequenos poderes!
Neles estão os quereres
Dos escolhidos a dedo!

Tenho mais receio
Do ditador pequeno,
Que do grande estafermo:
Porco, mau e feio!

Porque é o pequeno
Que mais se quer mostrar,
E nisso faz-se anunciar
De pleno!!

Quer mostrar serviço
Tod’o pequeno ditador,
E é ele o maior autor
Do seu quadro noviço!

O grande ditador
Não atenta às pequenas razões,
E delega tais funções
Ao executor…

Mas ao pequeno
Nada escapa às suas atribuições,
E tem prazer nas execuções
Ali no terreno!?

Gosta de processos,
De grandes instruções,
De vagas acusações,
E elementos “conexos”!

Tem sempr’a caneta
Pront’a a redacção,
Mas escreve sem código e pontuação
Na “letra”!

Mas o seu estilo
É contundente!
É pródigo e “eloquente”
Num travo perversamente tranquilo…

O seu mórbido prazer
É dar esperança,
E quem lá pensa em confiança,
Não se quer crer!!

O pequeno ditador
É muito mais perigoso qu’o grande,
Porque ainda que “não mande”,
Manda o seu rigor!!

Nada lhe foge
Ao pormenor,
É ele que se faz o maior
A cada etapa!

O grande é vaidoso
E todo cheio de si,
Mas o pequeno não se ri
De presunçoso!

A absoluta vontade
De mostrar o seu feito,
Torna-o eleito
À continuidade!

Faz nisso carreira
Por ser tão fidedigno,
Que mesmo c’o regime findo
Isso não é barreira!

É daquela gente
Nascida pr’a vencer,
E a eles o poder
É a razão premente!

Não interess’a ideologia,
Ou outra maior convicção,
Que nunca cai na tentação
Duma terceira via!

Ou se lá cair
Por força das ocorrências,
Já não guarda reticências
Na razão de não ir…

De extrema fiabilidade
O pequeno ditador,
Quer-se, por força, o mentor
Dessa identidade!

E caída a estrutura,
Já se tem o pequeno na forja,
Porque ele já s’arroja
À vacatura!

É, são os pequenos,
Aqueles que não partem um prato;
O poder de facto –
Entre o mais e o menos!!

Esse pequeno “político”
Que já se sente enorme,
E por isso nunca “dorme”
No mesmo sítio…

E no seu calculismo
Antecede vários cenários,
E tem nos valores identitários
O oportunismo!

É muito complicado
Combater um pequeno-ditador;
O meu maior tremor
É tê-lo a meu lado!?

Como “bom amigo”
A ser solidário,
E no primeiro erro primário
A sombra do castigo…

O inapelável
Decreto de subjugação!
E tod’a acusação
Recomendável…

Logo aí sai uma fornada
De sérios testemunhos,
E todos p’los seus punhos,
Tomam a palavra…

A palavra eterna
Do pequeno-ditador!
E o dedo acusador
Já se subalterna!!

Junta-se o despeito
C’a fome e a sede,
E essa razão emerge
Por Direito!?

Lá vai a testemunha
Prestar-se por incógnita,
E nessa mesma tónica
Nisso se desunha!

Fica sempre bem
Prestar-se ao ditador,
Porque ele é o seu protector,
E de mais cem!

O menino-bonito,
Os seus olhos da cara!
A ave mais rara
No seu próprio arbítrio!

E nessa confluência
Da vontade conjunta,
Já têm uma Junta
Como Audiência!!

E ele é o juiz
Que lá julg’a causa,
Porque nessa casa
É ele qu’o diz!

E o dedo acusador
Já se levanta ao alto!…
O ditador é fátuo
Mas tem muito “honor”…

E as testemunhas,
Sendo todas da casa,
Já se sentem em brasa
Na razão das cunhas!!

Com tal preponderância
De razões e nexos,
Tod’os actos, complexos,
Não têm litigância!

E já sai a sentença
No rol legislativo!
O ditador é discursivo
Na sua própria avença!!

E aventa “factos”,
Leis e circunstâncias,
E toma tais relevâncias
Em cacos…

Na subjectividade
Faz ordem de serviço –
Ai de quem dê sumiço
À sua autoridade!

E assim s’edificam
Os reinos modernos,
Onde os poderes, eternos,
Se mumificam!

E a Ordem e Trabalho
Em tudo prospera,
E que pena a guerra
Pr’a nos dar entalho!?

Há sempre alguém
Que não aceita o “certo”,
E de peito aberto
Contraria os “cem”…

E lá o “pequeno”
Grande ditador,
Sabe qu’o ser “maior”
Não o faz eterno…

Joker

angry-hitler-baby

Anúncios

Posted on 21 de Junho de 2017, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s