Isto não é pr’a meninos!

Viam-se já no estrado
Do poder,
Mas foi-lhes acontecer
Outro resultado…

Sairam de fininho
Depois da contagem,
Pois não havia coragem
Senão no burburinho….

Em fila indiana
Lá saiu o partido,
Mais que vencido
Na política chicana…

Queriam o poder
Na voz do partido,
E o sindicato vencido
Connosco a ver!

E arregimentados
Em tal grupo,
C’o resto em bruto
Nos “despontuados”

Tiveram votação
Pr’a lá se deter,
E o partido ter poder
Como voz de “oposição”…

É isto que nos rege
No nosso país,
Onde qualquer petiz
S’elege…

É só preciso ter
Um poder de lobby,
Qu’até s’escreve
Sem se saber escrever…

Num jornal nacional
Como candidato,
A um sindicato
Insurrecional….

E falar como expert
Em segurança,
Tal era a confiança
No frete!?

Que daí a comissária
Não lá viu ilegalidade,
Ela que de pluralidade
É a própria libertária!!

Por iss’o partido
Escrutinou as listas,
Ond’os aspirantes a “tachistas”
Tinham o voto garantido!

E lá estand’o
O correligionário,
Tinha-se o plenário
Telefonando…

A presidente da junta
É muito proactiva,
Que há que fazer p’la vida
Mesmo estando “defunta”…

Queria-se o menino,
Os nosso ricos boys,
De carroça à frente dos bois
No novo triénio…

Ond’as múmias paralíticas,
Quase reformadas,
Ainda davam as coordenadas
Políticas!?

Pr’a manter poleiro
Não sei se como assessores,
Ou como formadores
No projecto financeiro!

Como assessoria
Bem documentada,
De com’a idade avançada
Não é alforria!

E o desgaste rápido
Em tão bons exemplos,
Podem dar-nos “documentos”
Pr’o período sabático!!

Não me façam rir,
Que m’estragam a beleza!
Haja nisto maior subtileza
Do que mentir!

Não é pr’a meninos
A política séria,
Não voltemos à pilhéria
Desses tempos “cristalinos”!

Onde então o partido
Lá fazia a política sindical,
E a decisão mais natural
Er’o dinheiro perdido…

Essa grande gestão
A fundo perdido,
E o valor negativo
De meio milhão!!?

Haja nisto um Deus
Que nos guarde!
E nisto retarde
O meu adeus…

Se lá metem os pés
Eu de pronto saio,
Qu’ao meu dinheiro não o traio
Num novo BES!?

E deix’o seguro
Pr’a quem é mais fraco,
Porque lhe falta um hiato
Maduro…

É pra gente adulta
A nossa política,
E a nossa defesa, cívica,
Por conduta…

Joker

boys

Anúncios

Posted on 22 de Fevereiro de 2017, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s