A família

É grand’a família
Na nossa empresa,
E nela há a certeza
Que maior é a mobília!

Pois que nist’a prole
Está sempr’a crescer,
E assim há que ver
Que grande é o rol…

Ali de visitas
Àquele “sobrinho”,
E tanto carinho
Em mensagens escritas!!

É o santo e a santa,
O “tio” e a “tia”,
E tanta alegria
Se junta num mantra!!!

E nist’o pequeno
Já é do benfica!
E o cachecol explica
O porquê do pleno!!

Uma grande vitória
A do nascimento,
E o igual crescimento
Da nossa memória…

E tanto “padrinho”
Que saúda o menino,
Qu’ainda é franzino
Mas não está sozinho!!

Pois lá tem os pais
E os “familiares”,
Qu’entram aos pares
Com arranjos florais!

E há tanta prenda
P’lo “nascituro”,
Qu’ainda lh’auguro
Mais uma prebenda!!

E na promiscuidade
Do negócio familiar,
Ainda lhes vai tocar
Maior familiaridade!!

Que nist’os laços
São tão evidentes,
Qu’os concorrentes
Só os podem ter escassos…

Primeir’o benfica
E depois a família,
E não há vigília
Pr’a esta casuística!!?

Que grande é o clã
Qu’assim dá nas vistas,
Em perpétuas conquistas
Com’as dum cã!?

Tanta fraternidade
E elogios tão francos,
E como eles eram tantos
Nessa oportunidade…

Fossem casamentos
Ou baptizados,
Estavam todos convidados
A partilhar momentos!!

E depois no “labor”,
Cimentados laços,
Cobriam-se d’abraços
E promessas d’amor!!

É assim a união
Nas famílias unidas,
Que quanto mais crescidas,
Maior a filiação!!

E c’a natalidade
É tud’a somar,
Pois há que pagar
A anuidade!…

E com mais sócios
Maior a associação,
Qu’assim dá procriação
De benefícios!!

Gloriosos momentos
D’intimidade,
Que pr’a eternidade
Ficam os “sentimentos”!

Nasceu-lhes o rebento
À família benfica,
E a empresa é que fica
C’o seu sustento?!

E como são comilões
Estes bebés gloriosos,
Quanto mais gulosos
Maiores concessões!!?

Vá lá, a papar,
Meu querido “sobrinho”!
Toma lá um miminho
Da “tia” do bar!

E do seu “tio”
A promessa,
Qu’assim que cresça
Não fica ao frio!!

E sempre no estio,
O “tio” o indica,
Pr’a casa do benfica
Do Rio!?

Ah, que maravilha!?
É lind’o menino!
Que bébé mais fino!!
Que grande “Famiglia”!!…

Joker

bebe

Este comportamento devia se considerado ilícito (denote-se o prazer da criança ao ostentar tal simbologia; degradante!)…

Posted on 30 de Outubro de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s