A família

É grand’a família
Na nossa empresa,
E nela há a certeza
Que maior é a mobília!

Pois que nist’a prole
Está sempr’a crescer,
E assim há que ver
Que grande é o rol…

Ali de visitas
Àquele “sobrinho”,
E tanto carinho
Em mensagens escritas!!

É o santo e a santa,
O “tio” e a “tia”,
E tanta alegria
Se junta num mantra!!!

E nist’o pequeno
Já é do benfica!
E o cachecol explica
O porquê do pleno!!

Uma grande vitória
A do nascimento,
E o igual crescimento
Da nossa memória…

E tanto “padrinho”
Que saúda o menino,
Qu’ainda é franzino
Mas não está sozinho!!

Pois lá tem os pais
E os “familiares”,
Qu’entram aos pares
Com arranjos florais!

E há tanta prenda
P’lo “nascituro”,
Qu’ainda lh’auguro
Mais uma prebenda!!

E na promiscuidade
Do negócio familiar,
Ainda lhes vai tocar
Maior familiaridade!!

Que nist’os laços
São tão evidentes,
Qu’os concorrentes
Só os podem ter escassos…

Primeir’o benfica
E depois a família,
E não há vigília
Pr’a esta casuística!!?

Que grande é o clã
Qu’assim dá nas vistas,
Em perpétuas conquistas
Com’as dum cã!?

Tanta fraternidade
E elogios tão francos,
E como eles eram tantos
Nessa oportunidade…

Fossem casamentos
Ou baptizados,
Estavam todos convidados
A partilhar momentos!!

E depois no “labor”,
Cimentados laços,
Cobriam-se d’abraços
E promessas d’amor!!

É assim a união
Nas famílias unidas,
Que quanto mais crescidas,
Maior a filiação!!

E c’a natalidade
É tud’a somar,
Pois há que pagar
A anuidade!…

E com mais sócios
Maior a associação,
Qu’assim dá procriação
De benefícios!!

Gloriosos momentos
D’intimidade,
Que pr’a eternidade
Ficam os “sentimentos”!

Nasceu-lhes o rebento
À família benfica,
E a empresa é que fica
C’o seu sustento?!

E como são comilões
Estes bebés gloriosos,
Quanto mais gulosos
Maiores concessões!!?

Vá lá, a papar,
Meu querido “sobrinho”!
Toma lá um miminho
Da “tia” do bar!

E do seu “tio”
A promessa,
Qu’assim que cresça
Não fica ao frio!!

E sempre no estio,
O “tio” o indica,
Pr’a casa do benfica
Do Rio!?

Ah, que maravilha!?
É lind’o menino!
Que bébé mais fino!!
Que grande “Famiglia”!!…

Joker

bebe

Este comportamento devia se considerado ilícito (denote-se o prazer da criança ao ostentar tal simbologia; degradante!)…

Advertisements

Posted on 30 de Outubro de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s