Marias de São Tomé

Sim, são Marias,
E outros tantos Maneis,
Que virgens são as leis
Nas “Democracias”…

Pr’a s’as violar
Por “equidade”,
Há duplicidade
Pr’a se lá voltar!

Ai, o São Tomé…
Quanta perdição!
E demais duplicação
Pr’a lá meter o pé!

Não bast’a Maria,
Qu’é preciso outra;
Tão boa garota,
E nisto quem a via!!?

Aos dois e aos três,
E outros sem os ver,
Que querer é poder
Pr’a lá ir mais uma vez…

É a “equidade”
Das nossas Marias,
Um ver-se-te-avias
Pr’a matar a “saudade”…

E enquanto aquela
Já escond’o passado,
Outra tem-se em duplicado
Nessa vez por ela!!

Ai, tanta Maria
Lá de São Tomé,
Que não s’arreda pé
Em franca estadia!!

E também é santa
Que não só no epíteto,
Que por lá o mosquito
Não lhe pic’a manta!

São abençoadas
As nossas Marias,
Santas fugidias
Em tais coordenadas!?

O calor dos trópicos
E a beleza d’África,
Dá-lhes a parte fraca
Por momentos exóticos…

É só pr’as Marias,
O voo ao arquipélago,
Qu’o sistema é cego
Pr’a tais correrias!!

É só pois somar
Quantas foram as Marias,
E as estadias
Em tal lugar…

Não custa nada
Essa correlação:
Tod’o santo faz a ascensão
P’la calada…

Pr’a quê apregoar
Pois tal santidade,
S’a “equidade”
As muda de lugar!?

É pois olhar
O destino duplo,
E o sentido “escrúpulo”
Deste belo par!?

Joker

Não consigo escolher a mais bela!!?

Não consigo escolher a mais bela!!?…

Posted on 28 de Outubro de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s