O repasto

É na Tasca do António
Que se juntam os amigos,
E confraternizam aos Domingos
Pr’a aumentar o património!

No resguardo d’amizade
Pedem bacalhau e vinho,
Qu’assim ped’o Zé Povinho
Pr’a brindar à prosperidade!

E assim se com’a grande
Nessa Tasca do António,
Porque nela vale o binómio
De quem obedece e quem mande!!

Anuncia-se aos sete ventos
Que se come em boa companhia,
E nela jorra alegria
Em tais sentimentos!!

Comem os bons amigos
Juntamente c’as esposas,
Raparigas pomposas
Trajando belos vestidos…

E n’algazarra
Da grande almoçarada,
Já está programada
Mais uma fanfarra!…

Não há almoços gratuitos
Diz-nos o velho saber,
Qu’isto do bem-comer
É só pr’os eleitos!!

E na promiscuidade
Da “séria” amizade,
Come-se à vontade
Em tal seriedade

E naquela Tasca
É do melhor o manjar,
Que nela se pode encontrar
Esta gente rasca!!

O tal Caraquenho
E o “Homem sério”;
E não há nisto um critério
De ganho?

Se se come às claras
Sem nad’a esconder,
Quem quer mais saber
Qu’o bacalhau tem caras?

E qu’ali pr’a Caracas
Já s’exporta vinho,
O bacalhau e o toucinho,
A que não faltam as batatas!?

E sempre que se queira
É só marcar o almoço,
Que nisto tod’o bom moço
Come quanto queira!!

Pois não faltam tascas
Ou casas-de-pasto,
Que tod’o porco faz repasto
Onde sobram lascas…

Joker

porco

Até se babam!!

Posted on 25 de Outubro de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s