Diários do vampiro

Sinto-lh’a ausência
Por desaparecido,
Pois qu’o vampiro
Tinha audiência

Na sua agenda
Cultural,
E não ía mal
Na sua lenda!!

Mostrava tópicos
De belos locais,
Bem culturais,
Do frio aos trópicos!!

Tinha abrangência
Em tal cultura,
Qu’hoje não dura
Na sua ausência…

E sem esse guia
Dos seus passeios,
Faltam-m’os meios
Da sua via…

Esses museus,
Esses castelos,
Locais tão belos
Quase por seus!!?

O que s’aprendia
Nas suas dicas,
Hoje relíquias
Lá do seu guia!!?

Que falta nos faz
O seu guião,
De tanta ilustração
Do qu’era capaz!!

A capacidade
De tanto voar,
Quase sem parar
Na sua universalidade!?

Ia com soltura
Do gelo ao calor,
Passando ao equador
Só pr’a nos dar cultura!!

E das passeatas
P’las belas capitais,
Mandava-nos postais
Com precisas datas!!

E nesse permeio
Estudav’os dialectos,
Revelando os métodos
Desse mesmo meio…

Frondoso de cultura
Tida noutro sector,
Este mamífero-voador
Tinha ordem de soltura!!

Legou-nos tal roteiro
De locais e métodos,
Que nem nos próximos séculos
Se fará igual cancioneiro!!

E que falta nos faz
Um viajante tão culto,
Que de literário vulto
Ele foi capaz!!

Hoje na Transilvânia
Esconde-se o vampiro,
Por seu auto-retiro
De megalomania!!

Não mostr’o guião
Com’o fez outrora,
Porqu’o vampiro agora
Não quer a aculturação!

Dum outro guião
Que nos fará tão cultos,
Que desses anos ocultos
Nem a sua aparição!!

Mas desse guia-exemplo
Nos restará o registo,
De como se fazia o susto
Dessa cultura ao tempo…

E hoj’o vampiro
Só se move na sombra,
E dele quem se lembra
Como pioneiro?

Ai, tanta cultura
Legada no arquivo!!
Um monumento-vivo
C’a sua assinatura!

E hoje nos anais
É obra de ciência,
Na estranha coincidência
De tantos voos iguais…

Mas sempre com critério
No plano cultural…
Pois que do plano mensal
Nunca havia mistério!!

Pois qu’uma agenda
Quer-se nisso agendada,
E a viagem preparada
Por encomenda…

E no seu diário
O registo é pleno:
Vade retro, demo (!?),
Qu’é literário!!!

Joker

diarios-do-vampiro-o-retorno-almas-sombrias_2012-06-28_12-01-23_1

Posted on 12 de Outubro de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s