Politicamente (in)correcto

Não sou
Politicamente correcto,
Qu’estando longe ou perto,
Náo lhes perdoo!!

E mais não finjo
Que nāo têm rosto,
E nāo opondo “Gosto”
Nāo os atinjo!

E nāo faço de conta
Que nāo os conheço!
E se nisso m’esqueço
De tāo grave afronta

Logo sou visado
Nesse gozo insano,
Na pena dum fulano
De rosto tapado?!

E nisso devo obviar
O deboche da troca,
Porque lhes dá a “louca”
No modo d’ostentar?

E sem identidade
Fazem como sempre,
No meio de tanta gente
Em plena clandestinidade?!

E por lá “ocultos”
Eles nāo existem,
Mas nisso persistem
A tapar os rostos?

E já nesse perdão
Por serem “incógnitos”,
Ficamos só atónitos
Por tal indefinição!?

E s’o tom s’eleva
Pr’a s’os denunciar,
Temos que politizar
No que não se deva??

Falta-me tal jeito
De não os apontar,
Por se melindrar
Em tal “preconceito”!?

Que não têm rosto
De tão inefáveis,
E se são condenáveis
É tão só num “Gosto”…

Que fazer mais qu’isso
Na sua identificação,
É perder a razão
Em tão vasto esquisso!

Vou ser mais contido
Por “institucional”,
E em tal rosto banal
Ver só um arguido…

Nada de pessoal
Me pode mover,
S’alguém s’esconder
Como marginal…

E s’identificado
“Sem necessidade”,
Na marginalidade
Tem-se perdoado?

É o acusador
Que se volve culpado,
Porque desse dado
Foi violador??

E por “incorrecto”
Nessa “protecção”,
A condenação
É tão só do método!?

E vai o “criminoso”
Já volver-s’a vítima,
Porque é ilegítima
A prova do gozo??

Tod’a solução
Passa pela paz…
Mas não sou capaz
De tal compreensão!?

O fim da Justiça
É cumprir a Lei,
E se mal me formei
Como mau jurista

Ainda me recordo
Que nesse fim da pena,
Não só se condena…
No verbo de modo!

Pois reintegrar
É a primeira vontade!
Mas a liberdade
Não pode roubar!

E no cumprimento
Da medida da pena,
A sociedade é plena
Do seu julgamento!!

Por isso fingir
Que não há criminoso,
E qu’o acto doloso
Pode nem existir…

É ser conivente
C’o nosso passado,
E o futuro
Ser este presente!?

Não faço de político
Por ser tão “correcto”,
E não estando “certo”
Não me faço cínico…

🙂

Joker

politicamente-correto

Posted on 22 de Abril de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s