Comer e calar?

Comer e calar
É o prato do dia,
E com alegria,
Chorar!

Só para dentro,
Pr’a ninguém notar,
Qu’estou a chorar,
Em pranto!

Como e não bufo,
Pr’a ninguém me ver,
Qu’estand’a sofrer,
Não sofro!?

Tenho que comer,
Por isso me calo,
Pois que s’eu falo,
Queres ver…?!

O prato do dia
É melhor que nada,
E estar de calada
Não queria…

Mas tenho filhos
E a sobrevivência,
E quem tem inocência
Nao quer “estrilhos”!

Deixem-me sofrer
Aqui bem calado,
Qu’o caldo entornado
Está a ferver!!?

Não me vou queimar
Na Justiça “alheia”,
Qu’a barriga cheia
Pode chegar!!?

E quem sabe vou
Comer com fartura,
Pois qu’isto não dura…
Ao que chegou!!?

Sei da caldeirada
Com qu’outros s’enchem,
Mas nunca se queixem
De nada!!?

Vamos pois comer
O que lá houver,
E se puder escolher…
Não ver?!

🙂

  

Posted on 11 de Abril de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s