Prova de inocência

Não há culpado com “culpa”,
Na força dum alibi!!
E qu’ele sim, estava ali,
Em tal dia que não s’oculta!

E na firmeza desse acto
Dá prova da sua inocência,
E que só por mera contingência,
Ele é culpado!!

E nas suas “alegações”
Dá mostras de não ter dolo,
Porque ele não é tolo
Na escolha das refeições!!

Mostrando saber da poda
Dá dicas a quem as pede,
Porque ele nada deve
Em questões de moda!!

E indica o restaurante
Nesse destino inusitado!?
Porque ele lá se tem achado
Bastante!?

Sim, ali por confins,
Sabe de boas casas,
Com carnes em boas brasas
Em Tocantins!!?

E isso muito conclui
Na questão da inocência,
Pois não há qualquer coincidência
S’ele lá foi!!?

Pois sabe tal da cidade
Que tem que lá ir a rodos,
Não estando nisto de modos
A faltar à verdade!?

E a prova nisto produzida
Conclui pela inocência!!?
E pede-se nisto clemência
Pr’a sua “vida”!?

Não é nisto culpado
De fartos destinos,
Porque nist’os “assassinos”
Estão em outro lado!?

Foram pr’a Caracas,
Pátria da violência,
E ele nessa carência
Nunca lá meteu as patas!!

Se lá as metesse
Dava disso “dicas”,
E sabia-se das “fajitas”,
Onde s’as comesse!?

Não há contraditório
Pr’a este alíbi!!!
E tudo isto comi…
Depois d’ir ao Gregório!???

Há pois veredicto:
Não é o “Caraqueño”!!?
Está no meu canhenho
Com’o favorito!!

Bravo!! Chapeau!!

Joker

caraquenho

Posted on 5 de Abril de 2016, in Palhaçadas. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s