É a vida…

Há duas certezas
Que tenho na vida:
A vida é finda,
E as verdades, acesas!

A médio prazo
Estamos todos mortos,
E morrer com remorsos
De nunca ter dado?

Não é de meu timbre
Viver sem função,
E só há uma razão
Pr’a qu’a vida se finde:

Morrer estando vivo
No nosso carácter!
E dar conta de fraco
Enquanto m’esquivo!

Por isso é certo
Morrer com vontade,
Qu’a vida se m’acabe
Se não der o peito!

Morrer de vergonha
Em morte sem honra,
Numa vida longa,
Mas triste e bisonha?

Não morro ao acaso,
Mas sim por Justiça,
E não me dá preguiça
Naquilo que faço!

E se difamado
Por soezes vozes,
E nesses “algozes”
Ser assim “crucificado”

Isso não me demove
De viver por conduta,
E s’a vida é curta
Na prova dos nove

Tenho essa certeza
Por absorvida,
A vida é vivida
Só em tal fortaleza!

E s’a morte chega
Por força do destino,
Corri tal caminho
Qu’a vida nos lega!

Por isso viver
Sem ponta de honra,
Q’antes eu morra…
Não me sei esconder!

E se nisso alguém pensa
Que morro de medo,
Confesso-vos segredo:
É minh’a sentença!

E só eu determino
Pois quando morrer,
Que se Deus me quiser,
Nisto não me fino!

E podem contar
Que mesmo lá morto,
O tempo é curto,
Pr’a sempre durar!

Joker

Seppuku

Anúncios

Posted on 18 de Março de 2016, in Palhaçadas and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s