“Pidesco”

No quadro da Constituição
Da República Portuguesa,
Há um princípio de certeza
Para qualquer revisão…

Ela só se opera
Num acordo abrangente,
A que não seja indiferente
A razão da sua espera…

Pois o tempo é precioso
Num normativo legal,
E o quadro constitucional
Não se muda só por gozo!

Há-de haver fundamento
De imperativa natureza,
Que se mude por grandeza
E o preceito por aumento!!

Mas nunca por redução
Do preceito oportunista,
Que vendo nisso conquista
No verso da Constituição….

Ped’a reforma urgente
Para mudar o resultado,
Que do voto foi julgado
Num órgão independente!?

E nisto querer ver mudar
Esse mesmo veredicto,
Dand’o dito por não dito,
Só para querer ganhar?

Na estrutura de poder
Não deve haver separação?!
E o dado da governação
No presidente é querer!?

Vale tudo na política
Pr’a se manter a disputa,
Mesmo quando tal conduta
Não é mais que dialética?

E que perante’a situação
Desta escolha democrática,
Não se tenh’a matemática
Na proposta da educação?

E na parte económica
S’avalie dos mercados,
Os mesmos resultados
Por ênfase nessa tónica!

E em caso de empate
Se jogue a moeda ao ar,
Não vá o parlamento aceitar
Um programa por resgate!!

Mas só em último caso,
Pois antes o presidente,
Pode nomear por regente
Outro governo ao acaso!

Mas tudo na mesma cor
Não vá haver uma mudança,
Que nos abale a confiança
Do nosso maior credor!?

E não se possa permitir
No governo, por solução,
Uma esquerda em união
Que lev’o país a ruir…

E só assim se governa
No quadro d’estabilidade,
E não há inconstitucionalidade
S’a decisão é eterna…

Só se muda os figurantes,
Qu’a política é igual…
Pois no quadro constitucional
Há partidos minguantes!

Só servem pr’a colorir
Esse espectro democrático,
E o governo monocromático
É de cor-de-burro-a-fugir!

Por isso o presidente
Foi de férias à Madeira,
Não vá a parte financeira
Nisso ficar pendente…

Pois o saldo insular
Tem credor bem satisfeito!
E é tod’o povo eleito
Qu’ainda o está a pagar!

Mas adiante a conversa,
Qu’o presidente decide…
Não se sabe é se na PIDE,
Lá aprendeu a ter pressa!?

Joker

Pide

Anúncios

Posted on 16 de Novembro de 2015, in Constituição, Eleições, Governo, Portugal, PS, PSD and tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s