A fundo perdido…

Se tens Deus por amigo,
E não granjeias seguro,
A vida não te auguro
Num temporal por “castigo”!

Por issa atent’a lição
Qu’a vida te quis dar,
E ainda que não possas pagar
O teu seguro d’habitação…

Faz um seguro de vida
Qu’eles servem pr’a isso!
E tens então compromisso…
Qu’a morte está protegida!

Deus nem sempr’é amigo…
Diz-nos o Silva, Calvão!
E desta vida, a lição,
É o teu seguro activo!!

Qu’isto é a directiva
Dum governo em gestão!
E s’a Interna Administração
Não tem seguro de vida?

Apela por isso a Deus
Que rogue p’la sua alma,
E à tempestade dê calma
P’lo futuro dos “seus”…

Não fosse p’la desgraça
Dos pobres desta nação,
A frase deste Calvão…
Teria força de graça!

E Deus seria amigo,
Ao levá-lo “d’enxurrada”!
Que não se perdia nada!
Mesm’a fundo perdido…

Joker

Anúncios

Posted on 4 de Novembro de 2015, in Palhaçadas and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s