40 anos!?

Faz agora um ano que te foste… Quanta saudade!

Porcos a voar!!?

40 anos!?
Uma vida a voar
Um General d’abanos
No avião a “comandar”!?
 
Vai, vai, que t’atrasas
O que deves à disponibilidade!?
Nessa reserva, já passas…
Como o’ficial da saudade!
 
No labor que produzias
Em jactâncias volumosas
Nos mil doces que lambias
Das tuas mãos gordurosas…
 
Que, inchadas de chefiar
Bem apontavam o dedo 
Na tua forma de “trabalhar”
De “General sem medo”!
 
O esfíncter só s’apertava
Perante quem te dizia não!
C’a coragem de quem ousava
Mostrar-te como és: um anão!
 
Mas rebolova-se nessa função
Com autoridade, na voz altiva
Quem o enfrentasse, log’o anão
Batia à sola, por sua vida!…
 
Um corajoso aviador!?
De 40 anos de fracas lembranças
Um gordo prenhe, um impostor
Media os outros, nas suas panças!
 
Um fiscalista, um homem sério
Que muit’o alertou a esta classe
O dinheiro gasto, nesse mistério
Da direcção, qu’o não gastasse!?

View original post mais 226 palavras

Anúncios

Posted on 4 de Novembro de 2015, in Palhaçadas and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s