O neo-sindicalismo

Sujeitaram-nos à Comissão
Sem o papel do observador
Por sua exclusiva decisão!
Do sindicato, esse traidor!
 
E não cumprind’os Estatutos
Deixaram-nos ali “sozinhos”
Debaixo de considerandos astutos
Sentenciados nos seus destinos
 
E num capricho irresponsável
Não salvaguardando direitos
Foi o justo julgado imprestável
Nesses comentários, desfeitos!
 
E não cumprindo a sua Lei
C’os seus jogados à sorte
O que por lá ficou, não sei
Sei quem se condenou “à morte”!
 
E neste assomo de vergonha
Importa determinar!!!
Desta política medonha
Que quem decidiu, possa pagar!!!
 
Abandonando-se associados
Por meros caprichos políticos
Cujos maiores culpados
Fomos nós, seus protegidos?!
 
Que deixados noutras mãos
Sem o seu escrutínio directo
Tomaram desses, os seus nãos
Pr’o seu profissional trajecto!
 
E que fez quem os devia proteger?
Lavou daí as suas mãos!
Se Pilatos quiserem ser
Tornem-se sindicalistas, irmãos!
 
 sindicalisme-javierjaen
 
 
Anúncios

Posted on 16 de Novembro de 2013, in Normativos, Palhaçadas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s