O General quer-se macho!

Pior qu’um francês emproado
Só mesmo um gordo psicótico
Qu’apregoando o seu estado
Mostrou-se o pior “homofóbico”
 
Revelando peças de vida
Retalhos do seu arsenal
Carícias, por lá bem dizia
Entre aquel’e o secretário-geral!
 
Ele bem tinha espiolhado
Qu’o eram bem de certeza
Um Super quer-se informado, e
Na sua “reserva” vê-s’a nobreza!
 
Um General de monta, discreto
Comand’as as tropas-hetero!
Não tem nada a ver c’o recto
É homem roliço e sincero!
 
Só tem olh’os pr’á mulher
E faz cruzes aos “desvios”
Macho qu’é macho, a saber
Faz sexo sem desvarios!
 
Rectilíneo na postura
Só faz a coisa no escuro!
A coisa é que não dura…
Cai o estandarte de maduro!
 
Por isso atac’os “maricas”
Na sua formosura verbal 
Com ele não há “larilas”
Pois tem horror ao anal!?
 
A carta não lhe chegou…
Ou ainda a tem por abrir
Na ânsia que revelou
Ali está um pront’a partir!
 
Um General quer-se macho!
Grande, pançudo, voraz!
Ás ordens! Mostra-se d’agacho…
E é “surpreendido” por trás!…
 
E na “emboscada inimiga”
O general de pronto, se rende!
O qu’ele gosta d’uma investida
E preso, o bem que se sente!?
 
Macho, grit’a rendição!
Rendo-me, façam-me prisioneiro!
O “inimigo” tem a consagração
O General é, afinal, “Fuzileiro”!
 
GayMarine
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Anúncios

Posted on 16 de Setembro de 2013, in Palhaçadas, Poesia and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s