Notícias do Reino da Vadiação

Afinal o “presidente” até é magnânimo! Vejam bem a delicadeza: propôs ao sitiado que lhe fosse retirado o serviço no dia da data da Constituinte! Não é ternurento? Não revela gosto pela democracia e pelo cumprimento estatutário? Não é uma prova de igualdade, liberdade e fraternidade?

Vejam bem, que por razões de ordem prática e da mais elementar justiça, a cúpula directiva, na pena do seu “grande presidente”, se propunha a atribuição de um dia de retirada de esoaçantes, para o directivo poder estar presente na Constituinte do pré-leilão do Passarão!

Uma delicadeza, confesso! Fiquei tão sensibilizado, que até me deu para a choraminguisse!  Chorei noite adentro, com tamanha prova de lealdade e de cumprimento escrupuloso da Lei e dos Estatutos que dizem ser os garantes… hehehehehe! São maravilhosos, estes nossos representantes!

Estão tão preocupados com os tais, que agora, até ao desterrado dão retiradas, para conseguirem o tão almejado Quórum! Até me admira como não compraram mais um paraser para poderem aprovar os Estatutos da casa, realizados pelo engrupo de trabalho, apenas com os votos da conselho de disciplina!!! Que me dizem, hein? Era bem esgalhado, não era? Um paraser de monta, daqueles a que nos habituaram os nossos representantes, nos últimos tempos de gestação sindicante. Depois do último paraser que contesta as mínimas, só mesmo um paraser que promove as mínimas! E se houver dúvidas, ainda se chama o falamansa para o mesmo fazer uma das suas célebres interpretações ajurídicas, que ele tão bem domina, desde os tempos em que brincava nos pátios do recreio da sua faculdade…Como se sabe, para este eminente ajurista, as leis são de interpretação causística, e a todo o momento, novas interpretações são susceptíveis de lhe serem aplicadas, mesmo que em sentido contrário ao desejado pelo legislador!… Uma nova escola legal, doutrinária, nasceu em terras sindicantes!

Pois é, a retirada da ordem! Solene! Não fosse o visado esquecer-se que tinha direito a elas!

Obrigado, ó “presidente”, mas deixe estar! Muito agradecido pelo gesto, mas guarde as retiradas para quem delas precisa, aos meses de cada vez! Pode ser? É que o trabalho sindicante é muito, e os órgãos não-executivos, necessitam, e muito, de retiradas ao mês! O mês todo sem esvoaçar, porque há que preparar actas, esconder listas de presenças, responder às interpelações ao ritmo mensal (que bela palavra, mensal! Se a ela juntarmos proficiência, temos a bela expressão: proficiência mensal!!!), e leva-las a aprovar em terras insulares! Tudo muito trabalhoso, que praticamente colide com a possibilidade de se esvoaçar, a não ser na condição sindicante! Na condição tripunante, é demasaiado proficiente, e ele há pessoas com a proficiência a mais!

Por isso, “presidente”, em vez que escamotear o direito a retiradas só a um, como que a pedido, faça tábua rasa do direito de uma só vez! Não conceda nem um único dia para trabalho sindicante a um directivo no activo! O curioso é que o directivo nem pediu esse dia, para efeitos de retiradas para este mês, para testar o que faria esta cambada de inteligentes sindicantes. Como não o pediu, logo se aprestaram para o conceder… Em 3 meses, nem uma única retirada, e agora sem pedido, vinham concede-lo, magnanimamente.

Deve ser do aperto! Para Quórum, e do notificante do tribunal. Truz, truz!? É só para saber se o direito a retiradas é um direito inalienável, ou se pode ser verificado pelos “presidentes” destas terras!? Como é? Toda a gente tem direito a retiradas para trabalho sindicante, e só um é que não tem, nem direito a um único dia? Justifique-se! Ah, e tal, nós até queria-mos conceder um dia, que ele nem tinha pedido, mas era só para lhe fazer uma surpresa, e para ele ver que não estamos de má vontade!…

Boas ou más novas, dependendo das partes que as recepcionem, chegarão nos próximos dias, às terras sindicantes. Logo se verá, como é que ficamos em matéria de retiradas e de outros direitos estatutários, entretanto sonegados. A Presidente bem avisou que só entregava actas e registos fonográficos, por ordem tribunícia! Aguardemos…

Deve ser para fazer valer, formalmente, esta ordem de vectores, de trejeitos anti-democráticos, que a rapaziada contratou a assessoria, da autoridade máxima em matéria legal no reduto PATeiro. Uf! Estava a ver que ainda íamos de cano! Se esta diva do bellocanto não tivesse aparecido, ainda hoje estaríamos na idade da pedra estatutária e legal, nas terras sindicantes e esvoaçantes! A “mulher” pode não ter vida própria, mas que é assanhada, lá isso é! Até sabe escrever em bom latim! E em Português? UI! Até me arrepio só de a ouvir escrever! Só tenho pena que não consiga dar cumprimento efectivo à velha máxima de Juvenal: Mens sana in corpore sano! Aquela mente, por muito saudável, nunca poderá sê-lo, verdadeiramente, num corpo são, dada a evidente decrepitude…O Brad Pitt é que ainda não se apercebeu! Quando olhar para o lado, vai perceber que não há boa mente que resista à fealdade!

Mas pronto, como ela nos garante, nos assegura que não há segurante que nos pague o soldo, se voarmos com um tripunante todoqueimado, está perdoada! Pode ser feia que nem uns dentes dum cavalo, mas lá inteligente e sóbria, isso é! Ela assegura! Ela substitui-se aos tribunantes, porque ela, sozinha, faz Doutrina! Que Advogante não se perdeu! Ganhou-se uma enorme tripunante, mas perdeu-se, tal qual Nero, uma grande artista do teatro judicial! Deve ser por isso, que deita fogo com imensa facilidade, aos Fora (foi com esta Mestra que aprendi a escrever em BomLatim, obrigadinhos!) virtuais, para assustar a populaça! – Ui, fujam que os Cristãos deitaram fogo à cidade! Vamos queima-los na praça pública, que eles trabalham fora d’horas! Apertemos com eles! Hurra! Mata! Esfola! Olha que a nossa querida família vai ficar sem o ganha-pão!!!

Para esta Mestra do insólito , todos os meios justificam o ganha-pão! A delação, a lapidação, a crucificação, a desorientação, a confusão, a reinação… Ela é que sabe! Ela é que ordena! Se o sindicante diz mata, ela diz esfola! E porquê? Lá saberá ela e os seus! Agora vai aparecer como a salvadora da Pátria Sindicante, para granjear mais uns créditos, e alinhar-se no concurso para nova Imperatriz do Reino da Vadiação!

Não imagino com que créditos se dispôs esta gente para tirarem os cursos que se dizem portadores. Ele é o Latido, ele é o Protuguês, ele é o aDireito, ele é a Metricina. Outros, há anos que frequentam, tal como o Mestre dos Mestres, o 2º Ano do Atreito! Só o Songo-Mongo assume, de pleno, a sua imbecilidade pródiga, informal, e naturalmente abundante! De resto, é só doutores ou quasi-doutores! Tudo rapaziada para nos granjearem com uns Estatutos à maneira, hein? É, é! Fiem-se na Virgem e não corram, não!? A avaliar pelos últimos sintomas de acção política desta gente, dotem-nos com uns Estatutos-Estanque! Dotem, dotem! Permitam que eles escondam tudo e nada divulguem, aumentando-lhes as temporadas para o exercício do poder pelo poder, e que as fiscalizações externas se transformem em palavra-morta, e vão ver onde isto vai parar!

Se esta gente nem se permite cumprir os actuais Estatutos, e a Lei, acham mesmo que pretendem promover algum direito interno de minorias, ou mesmo dar expressão ao mais alto grau de transparência e democraticidade?

Se não forem os tripunantes, os tribunantes provarão, tenho fé, a teoria exposta. Aguardem pelas decisões que aí vêm, e depois pensem de vossa justiça. Só espero que não seja tarde demais! Felizmente, que à revelia do que pensa a nossa-só-certezas-jurídicas, as sentenças não são garantidas, e podem sempre sair decisões que vão de encontro às pretensões maniqueístas desta gente, mas existirá,  ainda, um longo trajecto judicial para colocar esta gente no seu devido lugar.

Como diria alguém que muito aprecio: “Largos dias têm cem anos!”…

Anúncios

Posted on 13 de Julho de 2012, in Palhaçadas and tagged , , , . Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. Fantástico! e com a qualidade a que já nos habituamos. Cristina Vigon

    Gostar

  2. Obrigada, uma vez mais, Cristina!

    Gostar

  3. Fantástico! E com a qualidade a que nos habituaste! Bj Cristina Vigon

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s