Released!

Veja-se  a extrema função social deste blogue: mais depressa se manifestasse, mais depressa os sindicantes tinham colocado a “equipa” em actuação!

Com Press(a) e tudo, hein? Muito bem! Aplauso! Obrigado, Dr.ª!

A pergunta que se subjaz, no entanto, insiste em manifestar-se: que andaram este tempo todo em reuniões mensais, a fazer na PAT???

O beija-mão não descortinou esta realidade? Agora do beija-mão parte-se, de novo, para aquele instrumento legal descartável em moções do passado?

Greve? Com esta equipa a liderar? E de onde pensam fazer a coordenação da mesma? Das Maldivas, Seychelles ou Tailândia?

Eu, por mim, fico-me por casa, pode ser? E mais, se no passado, outros saíram, em mínimos, porque nos lembrámos, agora, que de repente, já não podem sair? Porque já não chove o carcanhol?

Armem-se em moralistas, e puristas, que com esta prática do passado, havemos de chegar a bom porto na nossa validade legal, havemos…

Agora é que vêm cheios de gás, quando há muito, deviam ter tido vergonha, e batido com a porta, deixando a classe encontrar sindicantes à altura da situação!? 3 votos de protesto depois, propõem-se a nova greve, na antecâmara de uma privatização! E o outro é que impedia os processos privatizantes, veja-se!

Eu não acredito que a classe, desgastada que está, embarque em nova aventura, com esta equipa de coelhos desmiolados. Recuso-me a acreditar! Seria mau demais! Mau demais!

Entre uma mínima-de-segurança, e uma máxima-de-segurança, continuo a primar pelo minimalismo, nestas condições!  Entre a segurança da força, e a insegurança aventureira, prefiro a primeira, FUNDAMENTALMENTE porque sei que esta gente não actua por princípios, senão por meros jogos de oportunismo! Se assim não fosse, seria o primeiro…

Mas estou farto desta incerteza, destes joguetes, destes vai-vens sem sentido, desta “política” do faz-que-faz, totalmente inconsequente e perigosa… Muito perigosa, atenção!

O momento é crucial. O momento é de extrema importância, e benzo-me ao saber que é esta gente que está à frente dos destinos de uma classe sócio-profissional que muito prezo. Se vocês tivessem lido o que eu li, visto o que eu vi, ouvido o que eu ouvi, estariam a esta hora, como eu, ATERRORIZADOS! Esta gente não tem tino, não tem a mínima substância, não tem o mínimo de razoabilidade, acreditem!

A mim, basta-me, uma Mini! Compadeço-me com uma simples Mini! Antes estas Minis, que a Super que esta gente quer encenar.

Não estou para novos jogos de aparato! Bastou-me uma de dez dias em sentido figurado! CHEGA!

Sai uma Mini! E de base, por favor, que isto tá um C’alorrrrrrrrrrr!!!

Anúncios

Posted on 8 de Junho de 2012, in Palhaçadas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s